"Uma lendas, duas lendas, tantas lendas" – Mariane


Pandora
Há muito anos os homens dominaram a dádiva do fogo graças a Prometeu tornando melhor a vida na terra.      
Então Prometeu fez uma mulher de barro tão linda quanto uma deusa, que tivesse todos os sentidos.
Prometeu nomeou-a Pandora, enchendo-a de roupas e coroas.
Zeus com inveja de Prometeu ensinou-a a contar mentiras, fazendo Pandora ter uma personalidade má.
No dia seguinte Zeus deu Pandora a Hermes, irmão de Prometeu. Então Pandora avistou um vaso e Hermes avisou-a:
_ Pandora não mexa nesse vaso!
A deusa estava curiosa então abriu o vaso e deu um grito de pavor: em sua frente estavam muitos espíritos: o Ódio, a Inveja, a Raiva. Quando ela tentou fechar só conseguiu prender um espírito: a Esperança.
E assim o mal invadiu ao mundo.

Reescrito por Mariane Aparecida Cardoso Passoni

Anúncios

2 thoughts on “"Uma lendas, duas lendas, tantas lendas" – Mariane

Obrigada pela visita! Seu comentário será publicado após aprovação.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s