Por uma lancheira mais saudável

Agradando ao paladar dos filhos com um lanchinho saudável e nada de bolacha recheada

Por Mariana Della Barba 7/fev/2013 08:08
Imagem
 
 
Para quem tem filho, esses dias estão tomados por um só tema: a volta às aulas. Eu já falei da adaptação das crianças e dos pais, a Adri falou da falta de educação no trânsito na porta das escolas e a Ana falou de um momento de reflexão nessa hora tão atribulada.
 
Só que agora eu pensei em tratar de algo mais prático: o que colocar na lancheira do filho? Por um lado, você quer encher de coisas que ele goste, certo? Mas, por outro, sabe que não dá para lançar mão de bolachas recheadas e outros quitutes nada nutritivos. 
 
A ideia é fazer um lanche saudável, balanceado e que dê energia pra ele(a) continuar até o fim da manhã ou da tarde. 
 
Mas, sejamos francos, ninguém hoje em dia tem muito tempo livre para bolar lanches elaborados, como aquelas marmitinhas (bentôs) que as japonesas fazem, imitando personagens de desenhos ou paisagens fofas. 

 

Então, é preciso ser prático, para preparar rapidinho algo gostoso e saudável. Eu nem longe consigo me organizar para deixar tudo planejado no início da semana ou algo assim. Mas eu tento 🙂
 
E compartilho aqui algumas dicas:
 
– 3 itens: na escola do meu filho, a regra sempre foi levar uma fruta, um suco e algo com carboidrato (pão, bolo, bolachinhas). Costumo seguir essa fórmula, que acho ótima.
 
 
– Fruta: que tal pedir ajuda para seu filho na hora de escolher? Assim é menor o risco de ele não comer. Eu costumo optar por frutas práticas, como maçã e banana, ou mando outras picadinhas, como manga e melão.
 
– Suco: na escola do Theo, eles fazem suco na hora se você mandar uma laranja ou um limão. Acho bacana fugir dos sucos de caixinha, muito industrializados. Uma garafinha térmica aguenta bem, por algumas horas, sucos como manga ou laranja.
 
– Bolo: prefiro os simples, sem caldas nem nada.  São uma opção mega prática, tanto que dá até dá para deixar já embalado no dia anterior. 
 
– Pão: Também dá para fazer sanduichinhos de presunto, peito de peru, requeijão, geleia ou patê, como os de ricota. Bisnaguinhas são uma mão na roda – eu prefiro as integrais, que são mais saudáveis.
 
– Torta: Uma receita de torta de liquidificador com legumes e, quem sabe, frango desfiado 
rende lanche para vários dias
 
– “Aperitivo”: Uma das opções favoritas do Theo! Palitinhos integrais (desses para aperitivo) com um potinho de requeijão, que misturo  com iogurte natural, para ficar menos espesso.
 
– Milho: acredite, uma espiga pequena de milho cozido faz a alegria do meu filho na hora do lanche, mesmo que não esteja quentinha e com a manteiga derretendo como a que comemos na praia 🙂 
 
– Outros legumes: cenouras (picadas ou das mini) e tomatinho cereja. 
 
– Queijo branco: picado em cubinhos. Vale lembrar que é preciso um lugar para refrigerá-los na escola, já que podem estragar, especialmente em dias quentes.
 
– Uva passa: docinha, saudável e superprática. Também é bacana misturar com outras frutas secas, como damasco, e com amêndoas ou castanhas.
 
– Granola: coloco num pote plástico pequeno, para o Theo comer com alguma fruta picada, tipo manga, ou para colocar dentro do iogurte. 
 
– Ovo: tenho um filho “ovomaníaco”, que adora quando eu mando ovinho de codorna cozido na lancheira. Pra ele, descascar o ovo na hora do lanche faz parte da diversão!
 
E seu filho? Tem merenda na escola ou você manda o lanche de casa? E o que tem de bom na lancheira dele?
 
ps: obrigada às amigas que deram dicas incríveis de lanches criativos e saudáveis 🙂
 

Vídeos sobre Astronomia, Astronáutica, Energia… Vamos nos preparar para a OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA (OBA)?

Jornada no Sistema Solar

Planeta Terra visto do espaço. NASA-ISS Verão 2011

Transmissão da NASATV do lançamento do foguete Soyuz com o astronauta brasileiro Marcos Pontes junto à Expedition 13, no dia 31/03/2006, no Cazaquistão. Legendado em português.

Imagens de um Brasileiro no Espaço

O astronauta brasileiro Marcos Pontes fala sobre a importância de conservarmos o meio ambiente, em entrevista para o lançamento do Relatório Planeta Vivo 2012. Publicado em 15/05/2012

Garotinha manda Hello Kitty para o espaço

Imagem

Uma garota construiu um foguete, colocou sua Hello Kitty nele e enviou para o espaço com um balão meteorológico.

Para ler a matéria e ver o vídeo (que é muito interessante!), clique no link abaixo. Vocês vão gostar!

Não se esqueçam de comentar, certo?

http://garotasgeeks.com/wordpress/2013/02/07/garotinha-manda-hello-kitty-para-o-espaco-literalmente/

Direitos e Deveres dos Alunos de acordo com o Regimento Escolar da EMEF “Felício Luiz Pereira”

direitosedeveres1

 

Art. 92º – São deveres do aluno

I.            Participar de todos os trabalhos escolares, frequentando pontualmente as aulas.

II.            Atender convocação do Diretor, Professores e demais funcionários da Unidade Escolar.

III.            Tratar com cordialidade e respeito os colegas e todos os profissionais envolvidos no processo educacional da Unidade Escolar.

IV.            Colaborar com a Direção da Escola na conservação do prédio, instalações, mobiliário escolar e todo o material coletivo.

V.            Apresentar-se com asseio e devidamente uniformizado.

VI.            Manter seu material em ordem.

VII.            Desenvolver sempre as atividades propostas pelo professor, em classe e extraclasse.

VIII.            Indenizar o prejuízo, danos materiais ao estabelecimento ou a objetos de propriedade dos colegas, funcionários ou professores, segundo critério da direção.

IX.            Valorizar o patrimônio cultural.

 

Art. 93º – São direitos dos alunos, através de si ou através de seus pais ou responsáveis:

I.            Ser respeitado em sua individualidade.

II.            Receber a educação e o ensino que constituem as finalidades e o objetivo da Escola, nos termos deste Regimento Escolar.

III.            Ter assegurado todos os direitos como pessoa  humana.

IV.            Ser considerado e valorizado na sua individualidade sem comparações ou preferências.

V.            Ser orientado e atendido em suas dificuldades de aprendizado.

VI.            Poder desenvolver sua criatividade.

VII.            Poder ser ouvido em suas queixas ou reclamações.

VIII.            Ter seus trabalhos escolares devidamente avaliados e comentados.

IX.            Participar da atividade de recuperação, e/ou compensação de ausência programadas pela equipe escolar, em função de suas necessidades específicas.

 

Art. 94º – Aos alunos que descumprirem os deveres ou cometerem transgressões, esgotadas todas as medidas de conciliação, aplicar-se-ão as seguintes sanções:

I.            Advertência verbal e por escrito.

II.            Advertência e comunicação da ocorrência por escrito aos pais.