SEMANA LITERÁRIA (18 A 22 DE ABRIL) GINCANA


1. Encontrar o envelope escondido.

100_2795

2. Ler as instruções contidas dentro do envelope.

100_2796

3. Escrever um final para a história em dupla (ou trio):

100_2758 100_2757 100_2756 100_2755 100_2754 100_2753 100_2752 100_2751 100_2750

TRÊS MOÇOS MALVADOS

(Versão de um conto popular)

 

Eram três moços malvados. Gostavam de entrar no mato e caçar tudo quanto é bicho. Levavam espingarda de chumbo grosso, espingarda de cartucho e até revólver de dois canos. Ficavam o dia inteiro dando tiro. Matavam arara, papagaio, tucano, bem-te-vi, sanhaço, tiziu, caga-sebo, pintassilgo, joão-de-barro, andorinha, rolinha, sofrê, sabiá, sem-fim e corrupião. Matavam macuco, caburé, curiango, coruja, mutum de penacho. Pica-pau, saíra, graça, quero-quero, socó, jaburu, irerê e pato do mato. E também bicho grande que nem tamanduá, tatu, gambá, bicho preguiça, veado, ouriço, capivara, cotia,paca, preá, anta, macaco, quati, tartaruga, e cachorro-do-mato.

Os três bandidos caçavam por caçar. Matavam por divertimento. Gostavam de ver quem tinha melhor pontaria, quem acertava num tiro só, quem destruía mais.

Um dia, durante a caçada, escutaram uma voz grossa gritando no fundo do mato :

 – Olha o laço!

Os três estranharam. E a voz grossa:

– Olha o laço!

Os moços acharam graça. Um deles disse:

Vamos procurar o tal do laço pra gente olhar ?

Os outros acharam ótima ideia. E assim os malvados foram embrenhando na mata.

Andaram que andaram que andaram cada vez mais fundo, cada vez mais longe de tudo. A floresta foi ficando escura e cheia de sombras.

Os moços acabaram indo parar numa clareira. Debaixo de um imenso pé de jatobá encontraram três sacos cheios de dinheiro. Festejaram dando dois tiros para o alto.

– A gente agora tá podre de rico!

E logo fizeram uma combinação. Enquanto um deles ia até a cidade comprar vinho para comemorar, os outros dois ficariam na clareira tomando conta do tesouro.

Um dos que ficaram, olhando aquele dinheirão, começou a fazer contas e pensou :

– Vou acabar com meu colega. Quando o outro voltar dou cabo dele também.

Assim o dinheiro fica todinho pra mim.

E o malvado não pensou duas vezes. Sacou a arma. Atirou no companheiro, matou-o e enterrou o corpo ali mesmo. Depois, acendeu um cigarro e ficou esperando sentado debaixo do jatobá.

 ………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

A dupla vencedora escreveu este final:

Depois de comprar o vinho, o homem pensou:

– Eu vou botar veneno no vinho, eles vão beber e morrer e a fortuna vai ficar só para mim!

Ele voltou para debaixo do pé de jatobá, o que estava esperando armou a espingarda e deu um tiro nele. Depois pegou o vinho e foi festejar sua riqueza: abriu o vinho e bebeu direto no gargalo.

Caiu no chão morto. Uma voz grossa disse:

– O laço fechou!

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

E o prêmio foi o CD do áudio-livro “O Pequeno Príncipe”

Parabéns à dupla Ana Pereira e Henrique!

Anúncios

2 thoughts on “SEMANA LITERÁRIA (18 A 22 DE ABRIL) GINCANA

Obrigada pela visita! Seu comentário será publicado após aprovação.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s