Dia da Árvore 2018

A professora Valéria trabalhou o tema durante as aulas de Ciências e História com o 4º C, 5º B e 5º C.

(Clique na foto para ver as outras:)
Dia da Árvore - Professora Valéria   Depois teve apresentação de várias salas e um abraço coletivo na nossa mangueira! (Clique na foto para ver as outras:) Dia da Árvore 2018

Jogo “Ilha dos Poemas”

Jogo muito interessante do Portal “Escrevendo o Futuro” (Olimpíada de Língua Portuguesa), o 5º ano B e o 5º ano C adoraram!
Aceita o desafio?

“Poema

Junte-se à Ema e Tico numa missão das mais instigantes: devolver a cor e a poesia ao mundo. A aventura se passa nas cercanias da Ilha dos Poemas, numa jornada marítima. Quem conduz os aventureiros oceano afora é o Poeco, um singelo robozinho que precisa ser remontado para voltar ao seu lar. Boa viagem!
Clique aqui para acessar o jogo de Poema.”

Para visualizar as fotos das turmas se divertindo, clique:

Jogos de Aprendizagem - Portal Escrevendo o Futuro

Escola de Pais – 1º Encontro

Aconteceu no dia 27/08/2018 o 1º Encontro da Escola de Pais da EMEF “Felício Luiz Pereira”.

Foi um sucesso!

Agradecemos a presença de todos!

Para visualizar algumas fotos, clique:

Escola de Pais - 1º Encontro

Trecho final do texto “Quanto você ganha, papai?”:

Quanto você ganha, papai?

Essa foi a pergunta que o filho de sete anos fez ao seu pai, homem de negócios com quem ele pouco convivia. Tragado pelos compromissos profissionais do dia-a-dia, quando chegava em casa era facilmente vencido pelo cansaço, e não sobrava tempo nem para um breve diálogo com o filho. Os dias passavam, os meses se somavam e os anos se sucediam. Na vida daquele homem de negócios, a rotina era sempre a mesma: chegar em casa muito cansado, assistir ao último telejornal e entregar-se ao repouso. No dia seguinte, as cenas se repetiam. O tempo passava tão rápido que ele nem pensava em como estava crescendo seu menino. Não sabia quem eram seus professores, não conhecia seus amigos, não sabia se seu filho tinha alguma dificuldade na escola, se era feliz ou não. Afinal, pensava, um empresário não pode perder tempo com coisas pequenas.

Numa noite igual a tantas outras que já haviam passado, o homem de negócios foi abordado pelo filho com uma pergunta inesperada:

FILHO: Quanto você ganha, papai?

O pai imediatamente respondeu, como de costume, que já estava tarde e não havia tempo para conversas. O filho insistiu:

FILHO: Eu só quero saber quanto é que você ganha por hora, papai. Pode me responder por favor?

O pai, vencido pela insistência do garoto, respondeu sem pensar muito:

PAI: Ganho dez reais por hora, agora vá para cama.

O filho obedeceu e o pai foi tomar banho. Embaixo do chuveiro, o industrial ficou pensando o porquê daquela pergunta. Será que o menino estava precisando de dinheiro? Após o banho, dirigiu-se ao quarto do filho, que ainda estava acordado, e lhe perguntou:

PAI: Filho, por acaso você está precisando de dinheiro?

FILHO: Sim, papai. Na verdade eu preciso só de três reais.

PAI: Ora, não seja por isso, filho. Por que não falou antes?

Tirou o dinheiro do bolso e entregou ao filho. O garotinho pegou as cédulas e rapidamente retirou algumas notas que estavam embaixo do travesseiro e juntou às demais dizendo:

FILHO: Agora já tenho o suficiente para comprar uma hora do se tempo, papai! Eu guardei esse dinheiro para poder pagar o seu tempo, que é muito importante, como você mesmo diz. Pegue os dez reais e converse e brinque comigo por uma hora. Uma hora inteirinha só para nós dois.

O pai deu-se conta de como havia sido distraído e displicente na sua posição. Chegou ao topo nos negócios, mas negligenciou as tarefas da paternidade.

Pense nisso! Será que seu filho precisa pagar para ter um pouco do seu tempo?

Não devemos deixar o tempo passar através dos nossos olhos sem ter passado algum tempo com aqueles que realmente importam para nós, perto de nossos corações.

(Autor desconhecido)

SD Produção e destino do lixo – 4º C – 2018

Para visualizar as fotos da pesquisa realizada no laboratório de informática e da apresentação, clique:

SD Produção e destino do lixo - 4° ano C - 2018

Vídeo: Como funciona a reciclagem de latinhas de alumínio

Arkos – Fase Municipal

começou hoje!

Prezada(o) SIMONE,

Viemos com muita alegria informar que a fase municipal do Campeonato Arkos 2018 começou hoje (02/04/2018)! Sendo assim, os pontos conquistados até agora, na fase de classificação, serão zerados para o início do Campeonato. Lembramos que ao término de todas as fases do Campeonato, a pontuação acumulada durante todo o ano, voltará a ficar disponível.
Temos também duas novidades: os adesivos Arkos voltaram à plataforma! Assim as crianças terão ainda mais incentivo nas leituras. Outra novidade é que as medalhas conquistadas nos anos anteriores, agora terão uma área própria no painel dos alunos, para que se veja o progresso ano a ano.

Aproveitamos para enviar novamente as informações sobre as datas do Campeonato, bem como as regras básicas. Clique aqui para acessar o arquivo.

Nos colocamos à disposição no que for necessário, e desejamos um ótimo Campeonato a todos!

Atenciosamente,
Sua equipe Arkos.

Água

A degradação, o assoreamento e a poluição das áreas úmidas que regulam o regime de águas estão diretamente relacionadas com a expansão agrícola, industrial e urbana em áreas protegidas. Se continuarmos a fazer vista grossa para gado que pasta em campos alagáveis, nas várzeas, nos manguezais, para projetos de moradia feitos em áreas de mananciais, para lama tóxica caindo no delta de rios, vamos destruir nossas áreas úmidas. Nessas zonas de transição tão ameaçadas pelas atividades humanas, a natureza guarda aves aquáticas, mamíferos, anfíbios, tartarugas, crocodilos e muitos peixes. ❤

Saiba mais:
“Guia para Áreas Úmidas” – Ministério do Meio Ambiente: https://goo.gl/wNgNPz

“Cuidando das Áreas Úmidas” – WWF: https://goo.gl/pmuAZf

“Áreas úmidas são essenciais para a biodiversidade” – PORTAL BRASIL: https://goo.gl/vNpnkO

Fonte: https://www.facebook.com/aguasualinda/